Homem fugiu do local sem prestar socorro às vítimas.

Mãe e dois filhos estavam em uma moto quando foram atingidos por carro.

Motorista envolvido em acidente que vitimou menina de 9 anos se apresenta à polícia O motorista envolvido em um acidente que resultou na morte de uma menina de nove anos em Apucarana, no norte do Paraná, se apresentou à Polícia Civil na tarde de terça-feira (4). De acordo com a polícia, em depoimento, o rapaz negou omissão de socorro e, como o período de prisão em flagrante terminou, ele foi liberado.

Gabrieli Souza, de 9 anos, estava em uma moto com a mãe e um irmão quando ocorreu a batida.

A família estava parada em um cruzamento quando o carro invadiu a pista e bateu na moto.

Depois do acidente, o motorista do carro fugiu sem prestar socorro.

A menina foi levada para um hospital, mas não resistiu e morreu.

A mãe e o irmão sofreram ferimentos considerados leves.

Corpo de criança que morreu após acidente em Apucarana é velado: 'É muito triste ter que enterrar um anjo', diz tia O delegado Marcus Felipe Rodrigues explicou que o motorista compareceu na delegacia acompanhado do advogado.

No depoimento, conforme o delegado, o rapaz disse que a moto avançou a preferencial e parou.

O motorista afirma que fez de tudo para desviar, mas acabou batendo na parte traseira da moto e depois no muro da casa.

Rodrigues relatou ainda que o condutor foi até a casa de um primo, que mora perto do local do acidente, e esse parente o aconselhou para ir embora porque se não poderia ser linchado.

O primo foi ouvido pela Polícia Civil, confirmou essa informação, e foi quem levou a menina até o encontro da ambulância.

O motorista confirmou à Polícia Civil que não tinha carteira de motorista.

O delegado explicou que o homem foi liberado porque, além de ter passado o período do flagrante, não há provas que demonstrem que o motorista foi culpado pelo acidente e não há ordem de prisão.

Também não há indícios suficientes que comprovem que o motorista estava embriagado.

A polícia aguarda o croqui da Polícia Militar, feito no local do acidente, e o resultado da perícia que mostra o ponto de impacto dos veículos para confirmar a versão do motorista. Carro invadiu um casa após acidente Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.