A Inteligência Artificial sai do papel de vilã e aponta caminhos para profissionais criativos e inovadores Documentos digitais, automação de processos, certificação digital, relacionamento com o cliente, segurança das informações e eficiência nos resultados fazem parte da pauta do novo contador.

A automação promete revolucionar os caminhos da contabilidade, para isso o papel do contador consultor entra em cena. A Inteligência Artificial está pondo fim a serviços de rotina, meramente executivos.

No entanto, a IA ainda não é capaz de produzir o trabalho criativo, o pensamento estratégico dos negócios e empresas.

O reposicionamento dos Escritórios Contábeis é uma questão de sobrevivência.

Para o CEO do Eco Contabilidade e Consultoria, João Luis Seimetz, quem ainda não se conectou com este mundo digital já tem sua eficiência comprometida.

Há quase 50 anos no mercado, Seimetz viu muitas revoluções na organização do trabalho contábil. “A contabilidade já foi mais rudimentar, embora seu objetivo sempre foi buscar a eficiência para as empresas.

Saímos do conceito de guarda livros, passamos pelo técnico de contabilidade, contador e hoje estamos diante do contador consultor”. João Luis Seimetz Arquivo Pessoal Seimetz aposta que a Inteligência Artificial vai transformar a cultura das empresas, a forma que trabalham, gerenciam dados e pessoas.

“As empresas digitais estão mais habilitadas a atenderem às demandas deste mundo, o que fizemos é instrumentalizá-las para terem gestões mais eficientes”. O papel do contador consultor exige um perfil profissional mais conectado com as demandas deste novo tempo.

“Ele precisa ter um olhar mais sistêmico, os avanços tecnológicos tiram o profissional da execução de tarefas diárias e o colocam no lugar de quem pensa o negócio, nas soluções dos problemas.

Alguém que precisa ter uma leitura analítica e que faça o que a Inteligência Artificial não faz.

Os consultores devem ser capazes de instrumentalizarem as empresas para buscarem seus diferenciais competitivos, ou seja, o empresário precisa se perguntar: o que estes profissionais agregam ao negócio da minha empresa?”. Para os contadores ocuparem este papel eles precisam ser espelho para seus clientes.

“Reposicionamos o Eco Contabilidade e Consultoria, o transformamos numa empresa totalmente digital, mantemos uma política de capacitação dos nossos colabores para que todos possam viver a cultura digital.

Não tem como você orientar uma empresa a fazer algo se nem mesmo ela acompanha a dinâmica tecnológica”.

Hoje 60% da carteira de clientes do Eco Contabilidade e Consultoria, já integram digitalmente seus sistemas com o nosso escritório”. A urgência das empresas digitais O CEO do Eco Contabilidade e Consultoria, João Luis Seimetz alerta que a cultura digital já está nos governos, nos órgãos de controle fiscal. “Hoje estes agentes têm todos os dados da movimentação das empresas e seus históricos de compra e venda.

Os impostos são gerados automaticamente.

A IA cruza todos os dados do seu movimento, e também, com as leis e normas vigentes – que são muitas e complexas.

Desta forma, mesmo diante de um erro involuntário, perda de um prazo, antes mesmo de você perceber que deixou de informar, eles já sabem e o sistema já aplicou uma multa.

Ou seja, a automação das empresas não é uma escolha, é uma imposição da realidade”, alerta Seimetz. O antidoto à cruzada digital é as empresas se digitalizarem, usarem a automação ao seu favor.

“O empresário precisa ter uma consultoria à altura das mudanças que estão acontecendo.

O momento é de qualificação dos serviços, nossas consultorias caminham lado a lado com os desafios deste mundo.

O Eco sempre atuou para dar segurança aos seus clientes, orientando no cumprimento da legislação.

Com a automação do próprio escritório, nos qualificamos ainda mais, para dar ao cliente mais eficiência nos seus negócios”. A empresária Ivane Fatima Serafin, da Vidraçaria Estrela, inseriu sua empresa na cultura digital e já percebe os resultados.

“A contabilidade digital trouxe vários benefícios para a empresa.

Dentre muitos deles, a agilidade nos processos, envio rápido e seguro de documentos e, não menos importante, a redução de pastas com documentos impressos nos arquivos.

A tecnologia contribui de forma muito positiva à integração entre empresa e contador”. A Eco Contabilidade e Consultoria atua há 47 anos no mercado e ciente dos desafios deste século realinhou os seus serviços.

O objetivo é dar sustentabilidade aos negócios e promover a digitalização das empresas, por isso o Planejamento Estratégico do Escritório está organizado em eixos de atuação.

• Eco Administrar • Eco Consultoria • Eco Contabilidade • Eco Digital • Eco Pessoa Física • Eco Rural • Planejamento Tributário Em cada eixo a Eco Contabilidade e Consultoria conta com consultores especializados e focados em agregar valor às empresas.